Home / Noticias 2008 / 08-75
 
Barreto: secretário executivo assume ministério do turismo
A ex-ministra do Turismo, Marta Suplicy, esteve com o Presidente Lula no Palácio do Planalto,
momento em que ficou formalizada sua saída da Pasta.


O Ex-secretário executivo Luiz Barretoao lado de Marta Suplicy durante a entrevista coletiva.

Como ministro interino, assume o secretário executivo Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho. Após encontro com o Presidente, em coletiva de imprensa, Marta Suplicy explicou que agradeceu a oportunidade de trabalhar no governo federal. “Foi uma oportunidade única”. Também fez um balanço de gestão. “Tive grandes desafios”, disse a ex-ministra, comentando também que procurou dar continuidade e ampliar projetos de importância para o crescimento da atividade turística no país.

Ressaltou ações que têm a marca de inclusão social, apontando programas como o Viaja Mais Melhor Idade, e o Viaja Mais Estudante. A ex-ministra observou que em face do bom momento econômico, e de outros estímulos, gente que nunca pensou em viajar está podendo viajar.

Mais um destaque que fez se deu em relação ao Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). “Uma demanda do Presidente que nos empenhamos foi a diminuição das diferenças regionais”, explicou, observando que a liberação de recursos do Prodetur para o Nordeste, mais especificamente, cumpria em parte essa tarefa. “Conseguimos levar recursos para o nordeste em obras de infra-estrutura. Isso foi importante. E mais importante ainda foi que, a partir disso, conseguimos obter um empréstimo de US$ 1 bilhão junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), para obras de infra-estrutura nacional.”

Planejamento – A ex-ministra Marta Suplicy também falou da importância do Planejamento nas ações do Ministério. “É um Ministério que planeja. Tem uma responsabilidade muito grande nisso.” Ela deu relevância à necessidade de investimentos em 65 destinos turísticos indutores de desenvolvimento no país. “São poucos os recursos. Mas conseguimos colocar nos lugares que temos realmente de levantar a qualidade até 2010 e, principalmente, onde temos de planejar a Copa de 2014.”

Marta Suplicy lembrou do Plano de Mobilidade Urbana que levou ao Presidente Lula à ministra da Casa Civil em meados de maio. Um trabalho do Ministério do Turismo que seguiu a orientação do Presidente de atuar em conjunto nas ações do governo federal. O programa considera projetos dos ministérios das Cidades, Transportes, Esporte e Casa Civil.

“Outra coisa muito importante foi a gente ter dobrado o orçamento do Ministério. Foi um trabalho que fizemos no Congresso Nacional, em que, pela primeira vez, um ministro se reuniu com as bancadas, mostrando em que poderiam colocar recursos.”

O Ministério do Turismo teve aprovado, para 2007, um Orçamento de aproximadamente R$ 2,7 bilhões. Resultado que, na comparação com o empenhado em 2007, eleva em 47% os recursos da Pasta.

Fonte: http://www.gestour.com.br/webengine/servlet/Controller?
command=gestour&modulo=noticias&id=39875