Home / Notícias 2012 /

Serra catarinense: aventuras e paisagens deslumbrantes

 

Santa Catarina vem ganhando cada vez mais destaque na agenda deturistas de todas as partes. Popular por suas belas praias, o Estado tem se firmado como referência em turismo de inverno e ecoturismo. Com pouco mais de 95 mil quilômetros quadrados, Santa Catarina reúne dez regiões turísticas repletas de particularidades históricas, culturais e geográficas que oferecem diversão garantida aos mais diversos perfis de turistas, durante o ano todo.

Áreas preservadas, com uma enorme diversidade de paisagens, incluindo rios, cachoeiras, lagoas, vales, elevados morros, cânions, florestas etc., até dificultam a tarefa de escolher aonde ir. Além disso, de agosto a novembro, os turistas também têm a possibilidade de ver baleias-francas, que visitam as águas de Garopaba e da Praia do Rosa, por exemplo.

Entre os destinos mais convidativos está a Serra Catarinense, com opções de passeios que vão bem além da famosa São Joaquim cidade que, segundo a Secretaria de Turismo do Estado, recebe cerca de 10 mil visitantes por ano. Com aventuras que podem ser adequadas ao perfil de cada turista, vários outros destinos merecem destaque especial. Dentre estes, Urubici e Aparados da Serra certamente agradam a todos, desde sossegados pescadores e amantes da natureza ou do turismo rural, até aventureiros e praticantes de trekking, cicloturismo, canoagem, rafting e rapel.

Para evitar imprevistos e aproveitar o tempo de viagem apenas para desfrutar os bons momentos de lazer, o indicado é estruturar pacotes sob medida. A Natural Ecoturismo (www.naturalecoturismo.tur.br) agência catarinense especializada em destinos ecológicos oferece diversas opções de passeios que podem ser totalmente personalizados de acordo com a intensidade de aventura desejada e com a preferência de cada turista ou grupo. Confira!

Aparados da Serra: a terra dos cânions

Situada na divisa dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Aparados da Serra é a região que concentra o maior número de vertentes de águas cristalinas do Brasil e a mais extensa área de Mata Atlântica preservada.

Com penhascos de até 1.200 metros de altura, os vastos e frios Campos de Cima da Serra da zona de Mata Araucária terminam de repente e parecem ter sido esculpidos (aparados) a faca daí a origem do nome usado pelos tropeiros da região.

Abaixo dos imensos paredões, uma planície com rios de água cristalina e leitos de pedras gigantescas desenham um dos mais maravilhosos cenários da Mata Atlântica, com piscinas naturais, corredeiras e diversas cachoeiras.

Com toda essa riqueza de paisagens, a região permite aventuras de variados níveis de intensidade, incluindo passeios compatíveis com ecoturistas iniciantes ou adeptos de atividades mais radicais. Durante as expedições, que podem durar cinco ou sete dias pelos cânions, é possível fazer trekking, passeios de mountain bike ou ainda turismo de multi-aventuras com roteiros e atividades diversos.

Entre as estadias disponíveis, os que buscam mais tranquilidade ou até uma viagem romântica podem optar pelo hotel Parador Casa de Montanha, com passeios aos cânions Itaimbézinho e Fortaleza, Cachoeira dos Venâncios e até cavalgadas.

Para os mais aventureiros e não menos exigentes, a hospedagem pode ser feita em barracas térmicas, que protegem do frio intenso. Assim, aliando o charme e a qualidade de serviços das melhores pousadas, é possível desfrutar de agradáveis momentos em um ambiente confortável, com a sensação de um acampamento.

Ao todo, são 12 opções de viagens organizadas pela Natural Ecoturismo. Os pacotes, de cinco ou sete dias podem ser adaptados de acordo com o perfil de cada turista ou grupo, assim como os demais que a agência comercializa. Com saídas que podem ser adaptadas à agenda de turistas individuais ou grupos, os roteiros sugeridos podem ser conferidos no link http://www.naturalecoturismo.tur.br/busca/termo=Aparados+da+Serra&tipo=todos.

Urubici: onde o Brasil é mais frio

Repleta de cachoeiras e morros que chegam a quase dois mil metros de altitude, a cidade de Urubici é famosa por deter o recorde da mais baixa temperatura já registrada no Brasil: -17,8 °C, em junho de 1996.

A incidência de neve na região, ao menos duas vezes por ano, e as frequentes geadas tornam as paisagens ainda mais encantadoras no inverno e atraem muitos turistas à região que, aliás, tem recebido grandes investimentos, especialmente no setor hoteleiro.

Com pouco mais de 10 mil habitantes, o município fica à apenas 170 quilômetros de Florianópolis. Situado na privilegiada região do Vale do Rio Canoas que tem formação na Serra Geral (Aparados da Serra) , Urubici abriga a sede do Parque Nacional de São Joaquim, uma área repleta de matas nativas e encantadoras formações rochosas.

Dentre os inúmeros cartões-postais da região, a Pedra Furada é um dos destaques por ser uma verdadeira escultura natural. Outro passeio imperdível é a visita ao Morro da Igreja. Com mais de 1.800 metros de altura, o local permite avistar todo o litoral sul de Santa Catarina.

Para quem tem um bom preparo físico, a Natural Ecoturismo oferece pacotes de quatro e de cinco dias, com trilhas que duram, em média, cinco horas (ida e volta). O roteiro de cinco dias Urubici Aventura oferece visuais inesquecíveis.

Além de visitas aos principais pontos turísticos, o passeio inclui as trilhas da Pedra Furada e do Corvo Branco, além de um completo ecotur, com visita às mais variadas paisagens naturais, como a cascata Véu de Noiva, com 60 metros de queda; a caverna Rio dos Bugres, com cinco galerias esculpidas por animais pré-históricos; a Gruta Nossa Senhora de Lourdes, uma fenda natural que abrigava um antigo cemitério indí gena; a Cachoeira do Avencal, uma das maiores quedas da região; e o Morro do Campestre, uma formação rochosa com uma das mais belas vistas do Vale do Rio Canoas..

Para uma aventura mais rápida, o roteiro Urubici (quatro dias) é o ideal e, além do eco tur aos principais locais, conta com caminhadas pelas trilhas da Nascente do Rio das Pedras e da Pedra Furada.

Luxo na Serra Catarinense

Se a opção é luxo e conforto, o destino perfeito para atender aos mais exigentes turistas, sejam aventureiros ou não, é o Serra Catarinense Luxo – Rio do Rastro Eco Resort. Situado no topo da serra, às margens do Parque Nacional de São Joaquim, o hotel fica em uma altitude de aproximadamente 1.500 metros, onde a temperatura anual se mantém em torno dos 12°C. Com diversas opções de passeios na região, o resort alia sofisticada infraestrutura ao prazer do ecoturismo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Manutenção e Atualização: KR Comunicação Integrada