Home / Notícias 2012 /

Acampar

 

Acampar é sem dúvida umas das opções mais econômicas. Com barraca, roteiros e muitas informações você pode fazer de sua viagem de fim de semana, um passeio inesquecível. Além disso, é uma ótima forma para reunir amigos, aventurar-se em florestas, montanhas e dormir próximo à natureza.

Quando se programa uma viagem assim, o primeiro passo é saber se aonde desejar ir tem local apropriado para acampar. Existem mais de mil campings espalhados pelo Brasil, estando a maioria localizados na região sul e sudeste. Muitos destes possuem uma grande infra-estrutura e oferecem diversas opções de diversão e serviços. Até nos mais simples você pode encontrar piscinas, churrasqueiras, restaurantes, quadra de jogos e muito mais.

Entretanto, há muitas outras atrações naturais de nosso país, que estão situadas em regiões totalmente desprovidas de qualquer tipo de infra-estrutura. Por isso, ter informações do local que vai ficar é uma ótima maneira para se preparar e saber o que será necessário levar como: equipamentos e comida.

O equipamento básico necessário para começar a acampar, depende do tipo de área onde vai ficar e qual será seu meio de transporte. Se for de carro pode levar até televisão e outros objetos mais pesados, mas se for de ônibus ou se parte da viagem vai ser percorrida a pé, como trilhas nas montanhas é melhor dar uma "enxugada" no equipamento, levando só o essencial.

A barraca

A barraca é o principal equipamento para se acampar e o mais importante.

Antes de comprar uma você deve pesquisar muito bem, pois existe grande variedade de modelos, marcas e materiais. Deve ficar atento na hora da compra ao número de pessoas que a barraca se destina, se a que escolheu pode ser carregada nas costas, possui facilidade para montar ou é, por exemplo, resistente a água. Pesquise sem pressa e veja qual marca e modelo que atende melhor as suas necessidades. Afinal, é ela quem lhe dará abrigo nas grandes aventuras.

Características de alguns modelos mais comuns:

Barraca do tipo Canadense

É um dos modelos mais tradicionais, de formato triangular quando vista de frente. Fácil de montar, pode ser encontrada em tamanhos variados.

Como sua armação geralmente é de metal, é pesada para ser carregada a pé por trechos longos. O material também influi na escolha, sendo feitas de lona são mais quentes e pesadas que as fabricadas em nylon.

Barraca do tipo Bangalô

Tradicional barraca parecendo uma casa, com quartos e uma varanda onde pode se instalar a cozinha, barracas deste tipo são interessantes para ficar mais do que um fim de semana comum.

Muito pesada por possuir a armação de metal e ser fabricada em lona.

Abriga no mínimo 5 pessoas. Boa para famílias inteiras.

Barracas do tipo Iglu Vários modelos, de formato variável, desde o tradicional iglu até modelos tubulares semelhantes a casulos. Há modelos grandes de base hexagonal com capacidade para mais de cinco pessoas. A armação é de fibra sintética (vidro, carbono), muitas vezes mais leve que as armações metálicas.

Camping selvagem

Áreas onde não há infra-estrutura para acampamentos. Tudo deverá ser improvisado: cozinha, banheiro, lava-pratos.

As áreas mais seguras são os parques estaduais ou nacionais, que embora não tenham áreas organizadas para camping, possuem algum tipo de vigilância e pontos de apoio para recorrer em caso de necessidade.

Este tipo de acampamento é utilizado em áreas turísticas mais afastadas, para quem gosta de contato com natureza em ambiente rústico, não pode perder a oportunidade. Quando o destino for uma área selvagem para ficar, normalmente uma pernoite em meio alguma travessia, ou outra região de mata, lembre-se que todo o lixo produzido no local, deve ser trazido para uma área onde exista os lixos, quando acampar levar somente o mínimo necessário, comidas prontas, e muitas frutas.

Sacos de dormir, colchonetes e colchões infláveis

É também, fundamental no acampamento ter conforto na hora de dormir. Um passeio vira um pesadelo se você acorda várias vezes à noite e levanta com dores nas costas pela manhã. Cada um tem uma necessidade para dormir, muitos não conseguem ficar apenas no sacos de dormir.

Os sacos de dormir são feitos de tecido (nylon) forrado com material isolante (espuma). São práticos, mas podem acabar atrapalhando a vida do campista. Alguns modelos são muito finos, quentes no calor e insuficientemente quentes no frio. Existe muitos sacos de dormir e cada um com uma temperatura específica, mais tropicais ou para invernos rigorosos.

Colchonetes proporcionam melhor conforto em relação ao saco de dormir, entretanto, são mais incômodos para carregar e há a necessidade de se levar roupa de cama.

O ideal é fazer um teste em casa, dormindo por uma noite sobre o saco de dormir ou colchonete, para avaliar o conforto.

Colchões Infláveis são ótima opção para acampar, práticos e fáceis de carregar proporcionam melhor conforto do que o colchonete e saco de dormir, estes colchões possui infladores elétricos e manual, mas, dependendo da ocasião e do lugar é melhor utilizar o manual. É bom verificar se o colchão cabe dentro da sua barraca, para evitar problemas futuros. Quando o destino é camping selvagem um colchão inflável pode ser um peso desnecessário se comparado com os sacos de dormir. Check-list

Lista dos itens mais comuns. Confira tudo antes de sair de casa para não ter problemas na hora do acampamento. Mais vale lembrar que a sua necessidade é que faz sua listagem, ou seja, sempre leve aquilo que realmente você vai usar, sem excesso de peso.

- Barraca
- Estacas de fixação da barraca (espeques)
- Lona plástica para forrar o chão da barraca
- Toldo
- Fogão ou fogareiro
- Bujão de gás ou cartuchos
- Lanterna
- Pilhas
- Lampião
- Camisas de amianto para o lampião
- Faca
- Facão - Canivete
- Saco de dormir/colchonetes/colchões/infláveis
- Panelas
- Cabos de nylon
- Escova de dente
- Papel higiênico
- Toalha
- Sabonete
- Cobertores
- Cadeiras
- Mesas
- Equipamento de Primeiros Socorros

 

 

 

 

 

 

 

 

Manutenção e Atualização: KR Comunicação Integrada