Home / Notícias 2013 /

Diversidade é a marca do turismo paulista

 

Secretaria de Turismo estima que cinco milhões de veículos se dirijam ao litoral neste verão, o que representa pelo menos 15 milhões de visitantes

Pelo menos cinco milhões de veículos devem passar pelo litoral paulista no verão 2013. Se considerarmos a média de três pessoas por veículo, o resultado é a passagem de 15 milhões de visitantes pelas cidades de praia durante os meses em que durar a temporada. Isso significa aquecimento da economia, com ênfase nos ramos de hotelaria, comércio e serviços.

Mas o roteiro de férias do paulista não fica restrito ao litoral. A diversidade caracteriza o turismo no Estado. "São Paulo é um Estado privilegiado que vai muito além do segmento sol e praia, e que conta também com o ecoturismo, o cultural, o de esporte e negócios e eventos", disse o Secretário de Turismo, Cláudio Valverde.

Segundo o presidente da ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo), Bruno Omori, o volume gerado com diárias de hotel em 2012 chegou a R$ 7,2 bilhões. Para 2013, a estimativa de crescimento no setor é de 3%. "O turismo de lazer no Estado de São Paulo tem crescido e apresentado mudanças. A procura pelo interior teve aumento de até 7%", destacou Omori.

Interior

Os turistas descobriram os resorts do interior e estão aproveitando mais os destinos já consolidados como Campos do Jordão e as cidades do Circuito das Águas, como Serra Negra, mesmo fora das temporadas.

E outras localidades começam a chamar a atenção, como Pereira Barreto, com sua praia artificial nas águas do Rio Tietê batizada de Praia Por do Sol, que vem ganhando destaque entre as atrações mais buscadas pelos visitantes.

Tradicionalmente um destino de inverno, Campos do Jordão atrai turistas também no verão, interessados em seu clima ameno, boa gastronomia - o que inclui as tradicionais cervejas gourmet - compras e artesanato. Já Pereira Barreto ganhou um plano diretor para projetar a cidade no cenário nacional nos próximos 20 anos. "As prefeituras estão entendendo que o turismo é fonte de emprego e renda", afirmou Omori.

Litoral

Localizada no litoral norte, Ilhabela está entre as cidades mais procuradas na temporada de verão. Para a diretora de Turismo do município, Eunice Bourroul, o interesse está no próprio fato de ser uma ilha, mas também em vários atrativos do segmento náutico, como vela e campeonatos no mar.

Trilhas, cachoeiras, bird watch (observação de pássaros) reforçam o potencial turístico de Ilhabela, que até abril vai receber 110 cruzeiros marítimos, incrementando ainda mais a receita originária do turismo. Segundo Eunice, a cidade possui seis mil leitos, e o nível de ocupação para a temporada de verão 2013 já chega a 95%. "Temos em Ilhabela uma sinalização turística oficial. A economia do município é focada no turismo", afirmou a diretora.

Entre Peruíbe e Bertioga, o litoral recebe em média sete milhões de pessoas em uma única temporada de verão, de dezembro a março. Segundo dados do Santos e Região Convention & Visitors Bureau, as cidades que mais atraem turistas são Santos, Guarujá, São Vicente e Praia Grande.

Com relação à estrutura hoteleira, a região conta com mais de 20 mil leitos, desde os tradicionais hotéis de Santos e São Vicente, passando pelo conforto dos resorts no Guarujá e da Riviera de São Lourenço, em Bertioga, as aconchegantes pousadas entre Mongaguá e Peruíbe e a grande oferta das colônias de Praia Grande.

Do Portal do Governo do Estado

 

 

 

 

 

 


 

Manutenção e Atualização: KR Comunicação Integrada